últimas notícias

Notícias

1 02/08/2020 08:28

O Brasil teve, em julho, 32.912 mortes confirmadas pela Covid-19, segundo dados apurados pelo consórcio de veículos de imprensa junto às secretarias de Saúde do país. O número é o mais alto registrado em um único mês desde o início da pandemia. Em junho, houve 30.315 óbitos.

Desde que o primeiro caso de Covid-19 foi registrado no Brasil, em março,  a quantidade de mortes por mês segue crescente no país. Ouvido pelo G1, o epidemiologista e reitor da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Pedro Hallal, afirmou que “não tem nenhum motivo para um país onde a pandemia chegou em março o quinto mês  ser o mês com mais mortes”.

O epidemiologista, que comanda a Epicovid – estudo brasileiro sobre prevalência do coronavírus -, avalia que o pais falhou nas principais medidas que poderiam conter a transmissão da doença: testagem massiva, busca ativa dos casos e distanciamento social.

Segundo Hallal, a restrição ao contato social começou bem, em março, mas as medidas vêm sendo relaxadas desde maio.”Se o Brasil continuar não fazendo o distanciamento social nas cidades onde os números ainda estão estabilizados ou crescendo, agosto vai ‘ganhar’ de julho e vai ser, de novo, o mês com mais mortes”, prevê.







Rua Tiradentes, 30 – 4-º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 - Porque o Mundo muda.
© 2010 - TV RBR - Todos os direitos reservados.